O currículo de língua de sinais na educacão de surdos

Por Carolina Hessel Silveira,

Florianópolis, 2006.

Sección: Tesis, tesis de maestría.

Resumo
O tema desta dissertação de mestrado é o currículo da disciplina de Língua de Sinais nos anos iniciais da educação escolar de surdos, em escolas do Rio Grande do Sul que atendem surdos. Seu objetivo principal é fazer uma análise crítica dos currículos existentes nessas escolas e buscar as representações desses currÌculos pelos próprios professores surdos que trabalham com essa disciplina, englobando suas dificuldades, suas expectativas, a relação que véem com a questão das identidades surdas e da cultura surda. As bases teóricas foram buscadas nos Estudos Culturais em educação, nos Estudos Surdos, assim como nas teorias sobre currículo. A justificativa para essa pesquisa vem da importância do estudo da Língua de Sinais no ensino de surdos, uma vez que ele está envolvido na construção de identidades surdas e no seu empoderamento. A metodologia utilizada consistiu na análise de 5 currículos escritos coletados em 5 escolas que têm Língua de Sinais em sua grade curricular e em entrevistas com 10 professores dessa disciplina nas 5 escolas. A análise dos currículos da disciplina mostrou certa diversidade – em alguns há repetição de conteúdos de uma série para outra, em outros já se nota uma preocupação direta com questões de cultura surda e identidade, mas alguns deles abrangem conteúdos que não dizem respeito nem a LS, nem à cultura surda, mas ao disciplinamento dos surdos, em geral. Nas entrevistas, os professores se mostraram conscientes da importância do estudo da Língua de Sinais para a constituição da identidade surda, apesar de se sentirem, às vezes, sozinhos na elaboração do currículo, julgando que ele precisa ser modificado, ampliado, com mais informações e conectado com outras políticas surdas – maior presença de professores surdos nas escolas para surdos, fortalecimento das associações de surdos, etc. De maneira geral, os professores surdos enfatizam a importância do ensino de LS no empoderamento dos alunos surdos e a necessidade de um maior aprofundamento teórico. Os dados trazidos nas análises podem auxiliar as discussões sobre as dificuldades, avanços e problemas da formação de professores de Letras/LSB para alunos surdos.
Palavras-Chave: Cultura surda – Ensino de Língua de Sinais – Professores Surdos

Abstract
The subject for this master´s thesis is the curriculum for the Sign Language discipline in the first grades in deaf school education, in schools teaching deaf people in Rio Grande do Sul. The main objective is conducting a critical analysis of curricula existing in schools and searching representations of these curricula by deaf teachers working with this discipline, including their difficulties, expectations, the relationship they see with the issues of deaf identities and culture. The work is based on the Cultural Studies in Education, Deaf Studies and theories about curriculum. The reason for this research was the significance of studying the Sign Language when attending deaf people, once it is involved in constructing their deaf identities in their empowerment. The methodology used was the analysis of five curricula collected in five schools using the Sign Language in its curriculum and interviews with ten teachers of this discipline in both five schools. Analysing this discipline curricula we have found diversity. In some there is repetition of contents from one grade to the following one; in some we have found the care for issues of deaf culture and identity, but some include contents not concerning the Sign Language or deaf culture, but the deaf discipline in general. In the interviews, teachers showed to be aware of the significance of studying the Sign Language for the deaf identity, although sometimes they felt alone to make the curriculum as they thought it to be necessary to be changed and amplified, with more information and connected with other deaf policies Ø more deaf teachers in schools for deaf people, strengthening the deaf associations, etc. In general, deaf teachers emphasised the significance of teaching the Sign Language in deaf studentsí empowerment, and the need for a deeper insight. The analysis data may contribute to discussions about difficulties, progress and problems in training courses for language\sign language teachers for deaf students.
Keywords: Deaf culture, Sign Language study, Deaf teachers

Dissertacão apresentada ao Programa de Pós-Graduacão em Educacão da Universidade Federal de Santa Catarina para obtencão do tÌtulo de Mestre em Educacão.

Leer tesis. Descargar PDF (1,7 MB)

Sé el primero en comentar

Deja un comentario

Tu dirección de correo electrónico no será publicada. Los campos obligatorios están marcados con *